A contratação de uma administradora que realize uma assessoria condominial é fundamental para o bom funcionamento dos condomínios, sobretudo se o foco for a implantação de um novo condomínio. Isso porque, é ela quem ficará responsável por cuidar das questões administrativas e mais burocráticas do local. Entenda melhor.

Vamos supor que determinado condomínio está no processo de implantação. Então, quais são os primeiros passos que devo tomar? O que deve ser feito? Por isso, contratar uma assessoria condominial pode resolver boa parte dessas dúvidas e questionamentos.

Além disso, a assessoria condominial dará uma tranquilidade maior aos condôminos, síndico e outros profissionais que atuarem em conjunto. No entanto, alguns se questionam sobre o papel das administradoras e o serviço de assessoria condominial. 

Então, vamos explicar o porquê você deve contratar uma assessoria no momento da implantação do condomínio e como funcionam os trâmites.

 

 

 

 

Como é o processo de implantação de um condomínio?

 

Para implantar um condomínio é necessário que tudo esteja funcionando corretamente, seja esse um empreendimento comercial ou residencial. Tudo se inicia nos estudos de viabilidade operacional, juntamente com o acompanhamento detalhado do desenvolvimento de todos os projetos.

No entanto, é importante que as questões jurídicas, financeiras, administrativas e outras áreas estejam em acordo. E é aí que entra a atuação da assessoria condominial.

Inicialmente, a administradora contratada ficará responsável pela parte mais burocrática, como expedição de certidão de conclusão da obra, que é expedido pela prefeitura. Esse documento provará que as exigências foram cumpridas e que tudo está funcionando como deveria. Ou seja, o móvel está pronto para ser ocupado.

Depois, deve-se ir ao Cartório de Registro de Imóveis e fazer uma inscrição de documentos oficiais. Tudo isso pode ser realizado pela administradora e por funcionários com especialização em direito imobiliário.

Outros documentos, como as regras de convivência do condomínio também podem ser escritas pela administradora, que ficará responsável por elaborar o regimento interno. 

Após a elaboração de todos esses documentos, poderá ser realizada a primeira assembleia condominial, que geralmente é solicitada pela incorporadora ou construtora. O objetivo é passar instruções tais como funcionamento do local, obras, entrega de chaves e regras gerais.

Em suma, as etapas para a implantação do condomínio são bem trabalhosas. No entanto, se você contar com a ajuda de uma administradora condominial será muito mais fácil seguir todas as diretrizes de forma correta. 

 

 

 

 

Motivos pelos quais você deve contratar uma assessoria condominial

 

Agora que você já sabe as etapas para a implantação de um condomínio, conheça os benefícios de contratar uma assessoria condominial.

 

 

  • Realização do controle do Condomínio

Já mencionamos anteriormente sobre as burocracias nas várias etapas da implantação. No entanto, esses processos mais chatos não se encerram aí. Existem muitas outras burocracias que podem ser resolvidas com mais clareza por uma empresa qualificada do que por um síndico, por exemplo.

Por esse motivo, a assessoria condominial pode ser um apoio a esse profissional que já está sobrecarregado com outras demandas. Por exemplo, você deixará a cargo da administradora contratada cuidar do controle financeiro e outras questões jurídicas que o síndico não tem conhecimento.

 

 

 

  • Auxiliar nas demandas administrativas

Além da questão jurídica, a administradora é muito funcional no pagamento de contas, faturas, organização de documentos e atendimento a funcionários e fornecedores. Ou seja, as funções administrativas podem ser bem direcionadas juntamente com a assessoria condominial.

Além disso, a empresa é perfeitamente capaz de resolver problemas na administração do condomínio e oferecer soluções para tais questões. Ou seja, o síndico poderá se abster de todas essas funções, se assim desejar terceirizar.

 

 

  • Ser o representante oficial do Condomínio

Em seguida, a administradora de condomínios ainda pode representar os condôminos junto aos órgão públicos. Ele será o responsável pelas questões legais, portanto, tenha cuidado com a empresa que você irá contratar.

 

 

 

  • Auxiliar nas obrigações legais

Vamos supor que seu condomínio está com problemas com a Receita Federal. Talvez seja o momento de contratar uma assessoria condominial e resolver essa questão.

A empresa poderá assumir as responsabilidades e buscar soluções para resolver o problema com a Receita. Aliás, ele também será responsável pelo recolhimento de impostos e entrega de documentos importantes.

 

 

 

  • Ajudar na contratação de serviços

A administradora também poderá se incumbir de contratar profissionais para atuar no condomínio. Como ela é formada por profissionais especializados, ela será mais indicada para fazer esse tipo de contratação e reconhecer profissionais que sejam confiáveis e qualificados.

Ademais, a assessoria poderá auxiliar na contratação de serviços para o ambiente. Sendo assim, ela irá economizar o tempo do síndico com serviços como contratação de empresas de limpeza, segurança, etc.

 

 

 

  • Realiza cobranças a condôminos inadimplentes

Fazer cobranças a condôminos que estão atrasados é quase sempre motivo de constrangimento, tanto para o síndico como também para o morador. 

Por esse motivo, muitos condomínios colocam nas mãos das administradoras o papel de fazer cobranças e listar os inadimplentes. Sendo assim, ela poderá fazer uma tabela com os condôminos em atraso. 

Essa é a melhor forma de fazer com que a pessoa não se sinta ofendida porque o síndico está realizando a cobrança.

 

 

 

  • Cuidar da administração de pessoal

O seu condomínio tem problemas com prazos e pagamentos de pessoal? A solução pode estar na contratação da assessoria. Portanto, ela será responsável pelo recolher o FGTS e INSS, cuidar da folha de pagamento e de outras questões voltadas à contratação de pessoal.

A melhor escolha, sem dúvidas, está na contratação de uma assessoria condominial. Desde a implantação, até os processos contínuos, a administradora pode auxiliar a descobrir falhas no local, resolver problemas e gerar soluções para a melhoria da convivência local.

Mas, antes de tudo, pesquise a empresa na qual você irá contratar para fazer a sua assessoria. Veja as principais referências sobre ela, os condomínios que ela atende e principalmente a sua reputação. 

Ter essas informações em mente será fundamental para escolher bem a empresa que irá representar legalmente o seu condomínio durante um bom período de tempo. Faça uma cotação com as principais do mercado e fique despreocupado com as ações do seu condomínio. 

 

Precisa de ajuda?